quarta-feira, setembro 21, 2005

Barbosa e Didi



O basquete feminino brasileiro colheu mais um fracasso na sua história recente. Perdeu o título da Copa América para a seleção de Cuba, em plena decadência.

Mais importante do que ter perdido é a forma como perdeu: com um basquete medíocre, sem criatividade alguma. Perdeu um campeonato que jogou integralmente com incompetência, com desleixo e improviso.

O maior culpado de todo esse papelão está no banco. É Barbosa. Impressionante como o técnico é capaz de nos surpreender negativamente a cada torneio que passa, a cada partida, a cada vitória desorganizada e a cada vergonhosa derrota há exatos 201 jogos. É de perder o humor.

Não acho que Barbosa seja burro, ou mau.

Ele simplesmente é ultrapassado. Foi vencido pelo tempo. Barbosa é simplesmente um equivocado, que não admite que o tempo passou. Barbosa continua o mesmo de anos atrás. Seus defeitos cresceram e o tempo diluiu suas qualidades. De maneira tão intensa e perversa, que já não se consegue enxergar nos olhos dele o apaixonado pelo basquete. Vê-se apenas um burocrata, um secretário. Alguém que não percebe quão ruim está a qualidade de seu trabalho. Um homem sem auto-crítica.

Barbosa parou no tempo. Em 60? 70? Não sei, mas parou. A simplicidade e a ingenuidade de suas táticas dão dó. A fragilidade de suas opções constrange.

Barbosa parece o Didi. O Mocó. Quem nunca se divirtiu com Didi de antes? Hoje, quando se vê o trapalhão na manhã de domingo, há mais pena do que riso. Difícil achar graça de alguém que repete as mesmas piadas num mundo que não é o mesmo de décadas atrás.

Difícil apoiar alguém que repete o mesmo enredo, num basquete que mudou tanto.

Ô, psit. Ô da poltrona, realmente tá difícil. Cacildis, onde foi parar nosso basquete?

No mundo das trapalhadas.

Mas não há mais o que fazer. Estou tão cansado de falar. Diz um técnico aí que eu sou o "corneteiro", que eu só sei reclamar. Que eu preciso propor.

Mas propor o quê? Falar o quê se ninguém se importa? Com quem não me escuta?

Prefiro torcer. Infelizmente com entusiasmo cada vez menor, já que a cada ano reconheço menos o esporte que me fascinou em 1991.

Torcer contra - como alguns advogam - não adianta. Estou certo disso. Não há derrota que abale a moral de Barbosa junto à CBB. Não há derrota que imponha a renovação numa confederação tão retrógrada e tão mal-administrada. Perder de Cuba ou do Zimbabue tem o mesmo significado para Grego. Perder nas seleções de base não preocupa ninguém. Portanto, que ninguém se chateie tentando torcer para Porto Rico nos bater, porque será apenas mais uma derrota. Uma de muitas.

Voltando ao que posso fazer ou propor, já tentei mobilizar as jogadoras para que elas se posicionassem. Alías, deveriam ser elas as maiores interessadas numa comissão técnica mais preparada. Afinal, é da vitrine da seleção que saem os contratos internacionais, as chances ali e aqui. Mas elas, que em sua maioria, galhofam das trapalhadas de Barbosa, preferem não se expor. Preferem fingir que está tudo bem no reino da Dinamarca. Por motivos financeiros, por medo, por covardia, comodismo ou seja lá porque, elas preferem o silêncio. A conivência do silêncio.

E assim seguimos... Praticamos um basquete de quinta categoria. Que sobrevive por alguns talentos individuais aqui, umas surpresas do destino ali. Mas que a cada dia se afunda na lama do poço.

O jogo da seleção é de uma pobreza primária. Não existe assistente que mude algo no padrão da equipe. Borracha, sem trocadilhos, apagadíssimo. Tarallo, invisível. Não importa quem senta ali: Bassul, Laís...são todos contagiados por uma mediocridade sem fim.

O jogo ofensivo é o mesmo. Ridículo.

As responsabilidades recaem sobre uma ou duas jogadoras. Mudam os nomes: Alessandra, Janeth. Micaela, Érika.

As jogadas são as mesmas. A ala-cestinha joga na base da individualidade. Vai, saracuteia pra lá, pula pra cá e arremessa. Se cair, bem. Se não cair, Deus nos acuda.

No pivô, só há espaço para a 5. A número 4 deveria ser entrevistada antes por Barbosa. Se a moça não tivesse traços de personalidade masoquista, deveria ser demitida imediatamente. Mas não, Barbosa insiste mesmo com as bem-intencionadas. E assim não há talento que resista ao esquema medíocre do treinador para a segunda-pivô. Assim passam Leila, Tuiú, e agora Êga. Todas talentosas, mas se prestando ao papel de garçonete. A função delas é ficar lá de fora do garrafão e jogar a bola no estilo "chuveirinho" para a 5 (Alessandra/Érika). Quanto desperdício de talento! Ninguém aguenta mais ver esse chuveirinho indecente. Que pode até funcionar contra uns pangarés asiáticos, africanos... Mas qualquer seleção que tenha o mínimo de inteligência mata a principal jogada brasileira no segundo quarto.

Que espaço uma campeã européia como a República Tcheca daria para uma jogada assim tão manjada? Mas o Barbosa há de dizer: "Contra as gregas, funciona!", nivelando nosso jogo por baixo.

Fora o chuveirinho, não há nenhuma outra jogada. O jogo das outras alas, fora Micaela, não flui, nem pulsa. Só empaca.

O que dizer de Vívian? Aiiiiiii, como dói. Barbosa acha que Vívian pode armar. Pois a moça que vinha de boas atuações nos amistosos, empacou na Copa. Depois de estrear com 20 pontos, Vívian somou 11 pontos nos 3 outros jogos. Seus erros e acertos se equivalem de tal maneira que a soma é zero. Em 98, Hortência contratou uma americana em fim-de-carreira para jogar no seu Vila-Nova/Massageol. Chamava-se Wanda Ford e já havia jogado com a Rainha em Sorocaba. A yankee chegou no meio da temporada ao time de Ferreto. Vinha de passagens por times do segundo escalão europeu. Cheia de vícios. Quando entrava em quadra, impressionava pela vontade e pelos erros canhestros. De maneira tão equivalente, que uma vez quando o time enfrentava Santo André, a técnica Laís não se conteve à pergunta do repórter. "E aí, Laís, essa americana mais ajuda ou atrapalha?". Meio sem jeito, a treinadora, calou por um minuto, mas confessou com um risinho: "Acho que mais atrapalha.". Assim é Vívian. Mesmo quando ajuda, ela atrapalha.

Das outras alas, o que comentar?

Sílvia está fora de forma. Pressinto que as cirurgias comprometeram em muita sua felixibilidade. O joelho está muito duro para os vôos. Somou 20 pontos numa competição desse nível.... O que esperar da menina em 2006?

Lílian fez iguais 20. Lamentável.

Prefiro não comentar sobre Jaqueline e Tayara.

Sobre a armação do time, Barbosa mantém suas dúvidas eternas. Ele nunca sabe quem será sua armadora. Desde o seu comando, já se revezaram Magic Paula, Branca, Helen, Silvinha, Adrianinha, Claudinha, Vívian e agora Fabianna... Mas não há talento que resista a um time tão mal-treinado, tão capenga.

Nos pivôs, Érika é uma grande jogadora, mas se enrola nas faltas. Graziane surgiu com regularidade. Reforça que o melhor caminho para um jovem talento brasileiro é mesmo o aeroporto. Na Europa, há desafio e cobrança freqüentes para gerar o crescimento. Aqui, uma acomodação sem fim.

Êga é a maior assistente da equipe. Sintomático, não? A função da 4 é assistir a 5. E nada mais.

Zaine, regular.

Ísis, muito a aprender. Por hora, uma jogadora grande apenas.

Defesa: nem comentarei. Acho que isso não é treinado na seleção.

Assim o barco segue, insistindo nos mesmos erros.

O cenário é desolador. Internamente, o basquete caminha para organizar dois frágeis torneios, já que as principais jogadoras estão longe daqui. O Mundial, que acontece em um ano, está longe de ser nossa redenção. Nem site o evento tem ainda. No mês passado, se discutia onde mesmo o torneio iria ser jogado. Fora de quadra, a organização é essa. Infelizmente, dentro não é muito diferente.

E parece que é por isso que vamos torcer...

Talvez os masoquistas sejamos nós, e não a pivô-4.

9 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Hey, you have a great blog here! I'm definitely going to bookmark you!

I have a scuba dive bermuda site. It pretty much covers scuba dive bermuda related stuff.

Come and check it out if you get time :-)

21 de setembro de 2005 17:50  
Blogger davidericks96715930 said...

Make no mistake: Our mission at Tip Top Equities is to sift through the thousands of underperforming companies out there to find the golden needle in the haystack. A stock worthy of your investment. A stock with the potential for big returns. More often than not, the stocks we profile show a significant increase in stock price, sometimes in days, not months or years. We have come across what we feel is one of those rare deals that the public has not heard about yet. Read on to find out more.

Nano Superlattice Technology Inc. (OTCBB Symbol: NSLT) is a nanotechnology company engaged in the coating of tools and components with nano structured PVD coatings for high-tech industries.

Nano utilizes Arc Bond Sputtering and Superlattice technology to apply multi-layers of super-hard elemental coatings on an array of precision products to achieve a variety of physical properties. The application of the coating on industrial products is designed to change their physical properties, improving a product's durability, resistance, chemical and physical characteristics as well as performance. Nano's super-hard alloy coating materials were especially developed for printed circuit board drills in response to special market requirements

The cutting of circuit boards causes severe wear on the cutting edge of drills and routers. With the increased miniaturization of personal electronics devices the dimensions of holes and cut aways are currently less than 0.2 mm. Nano coats tools with an ultra thin coating (only a few nanometers in thickness) of nitrides which can have a hardness of up to half that of diamond. This has proven to increase tool life by almost ten times. Nano plans to continue research and development into these techniques due to the vast application range for this type of nanotechnology

We believe that Nano is a company on the move. With today�s steady move towards miniaturization we feel that Nano is a company with the right product at the right time. It is our opinion that an investment in Nano will produce great returns for our readers.

Online Stock trading, in the New York Stock Exchange, and Toronto Stock Exchange, or any other stock market requires many hours of stock research. Always consult a stock broker for stock prices of penny stocks, and always seek proper free stock advice, as well as read a stock chart. This is not encouragement to buy stock, but merely a possible hot stock pick. Get a live stock market quote, before making a stock investment or participating in the stock market game or buying or selling a stock option.

23 de dezembro de 2005 07:17  
Blogger dwainnelson8202 said...

I read over your blog, and i found it inquisitive, you may find My Blog interesting. My blog is just about my day to day life, as a park ranger. So please Click Here To Read My Blog

28 de dezembro de 2005 09:57  
Blogger johneywarner23784627 said...

While you read this, YOU start to BECOME aware of your surroundings, CERTIAN things that you were not aware of such as the temperature of the room, and sounds may make YOU realize you WANT a real college degree.

Call this number now, (413) 208-3069

Get an unexplained feeling of joy, Make it last longer by getting your COLLEGE DEGREE. Just as sure as the sun is coming up tomorrow, these College Degree's come complete with transcripts, and are VERIFIABLE.

You know THAT Corporate America takes advantage of loopholes in the system. ITS now YOUR turn to take advantage of this specific opportunity, Take a second, Get a BETTER FEELING of joy and a better future BY CALLING this number 24 hours a day.
(413) 208-3069

2 de maio de 2006 12:12  
Anonymous Anônimo said...

Latest news. Viagra, cialis

viagra
cialis
tramadol

21 de fevereiro de 2007 08:01  
Anonymous Anônimo said...

I found some search engines.
But i dont understand the type it.

levitra
phentermine
carisoprodol

4 de março de 2007 08:07  
Anonymous Anônimo said...

Best flower for you girlfriend
BEST FLOWER

soma or here phentermine

31 de março de 2007 12:29  
Anonymous Anônimo said...

RENATO ARAGÃO HOJE, SÓ PENSA EM FATURAMENTO PESSOAL...
APROVEITA DA PERDA DE UM AMIGO QUE FINGIU NÃO IR AO ENTERRO E VELÓRIO PARA DIZER QUE AMAVA BETO CARRERO.
UTILIZA-SE DESTES ARTIFICIOS PARA ENGANAR O POVO E AUMENTAR SUA FORTUNA.
DEDÉ ESTAVA DESEMPREGADO AJUDADO POR AMIGOS E O COWBOY HERÓI DAS CRIANÇAS.
BASTOU RENATO ARAGÃO TRAMBIQUES CORPORECTION CHAMAR E CORREU AOS BRAÇOS DO SEU VELHO DONO.
ELE QUE SE DIZIA EVANGELICOS MAS COBRAVA SUAS APRESENTAÇÕES ALEGANDO QUE, ERAM PARA PAGAR DESPESAS DE DISCO, ETC...
OS DOIS SÃO LOUCOS POR DINHEIRO.
E O PIOR SÃO EMPRESAS QUE AINDA APOSTAM EM UM CARA... QUE BRINCA COM SENTIMENTOS E MOMENTOS DE DOR.
SE CRIANÇA ESPERANÇA FOSSE PARA AJUDAR TODA A ARRECADAÇÃO SERIA DISTRIBUIDOS A TODAS AS CRECHES CARENTES, MESMO QUE NAS CONTAS DESSE 0,50 PARA CADA UMA AI SIM SERIA EM BENEFICIO DAS CRIANÇAS E NÃO CRECHES DITADAS PELA MAFIA QUE COMANDA ESTA ARRECADÇÃO MILIONÁRIA.

5 de agosto de 2008 15:59  
Blogger Sensual Seduction said...

gOSTEI DO NOME DO BLOG, MAS APESAR DOS PESARES, ANTES barbosa QUE paulinho.!
pELO AMOR dE dEUS!

14 de agosto de 2008 11:58  

Postar um comentário

<< Home